Apneia do Sono (Ronco)

Apnéia do sono corresponde a episódios curtos de suspensão da respiração durante o sono pela flacidez dos tecidos da garganta. O ronco ocorre pela vibração dos tecidos da garganta quando o ar passa.

O paciente com apnéia do sono tem uma alteração do padrão do sono que não é repousante o que dá a sensação de “noite mal dormida” ao despertar. Durante o dia sonolência, cansaço e dificuldade de concentração são comuns.

A apnéia do sono está associada a doenças como hipertensão arterial, arritmias cardíacas, infarto do miocárdio e AVC.
O diagnóstico é realizado pela história clínica e pelo exame de polissonografia.
O tratamento pode ser cirúrgico ou clínico (pelo uso de aparelhos).
Medidas como redução do peso e do consumo de álcool são importantes.


voltar